terça-feira, 22 de dezembro de 2015

Ford Europa anuncia novidades para o EcoSport 2016



A Ford Europa anunciou duas novidades na linha EcoSport para 2016: o modelo com motor EcoBoost 1.0 de 140 cv e a versão especial Titanium S. Os lançamentos fazem parte da estratégia de aumentar as vendas do utilitário esportivo, que já atingiu 35.800 unidades em 2015. As demais opções de motores são o 1.5 TDCi diesel e o 1.5 Ti-VCT a gasolina.

"O EcoSport foi desenvolvido em alguns dos climas e terrenos mais rigorosos do mundo para ser uma opção atraente dentro da nossa linha de SUVs para os clientes europeus", diz Joe Bakaj, vice-presidente de Desenvolvimento do Produto da Ford Europa.

Os SUVs responderam por 20% das vendas totais de veículos na Europa em 2014 e devem crescer para 27% da indústria em 2020, segundo a consultoria IHS. A meta da Ford é atingir a venda de 200.000 SUVs na Europa em 2016 – o triplo do volume comparado a 2013.

A Ford também está se preparando para atender ao crescimento na demanda de veículos com tração integral, uma tendência forte na Europa, especialmente em regiões sujeitas a neve, por aumentar a segurança na rodagem.  A expectativa da marca para o ano que vem é vender um volume 120% maior de carros com essa configuração comparado a 2014.


Em 2012, a Ford dispunha de apenas três modelos na Europa com tração integral. No próximo ano, serão oito – Edge, Kuga, Galaxy, Mondeo, S-MAX, Focus RS, Ranger e Transit –, representando quase metade da sua linha.

Novas versões

O EcoSport Titanium S terá rodas de liga leve de 17 polegadas exclusivas, teto e retrovisores pintados de preto, vidros escurecidos, calibração especial do chassi e sistema de conectividade SYNC com áudio digital Sony DAB, tela colorida de 4 polegadas e navegação opcional. As versões sem o estepe na tampa traseira – outra exclusividade do mercado europeu – virão também com câmera de ré.

Fonte: Press releases Imprensa Ford


Clique aqui e participe do grupo Eu Amo Meu Ford EcoSport no Facebook!




quarta-feira, 16 de dezembro de 2015

EcoSport chega a 1 milhão de veículos produzidos



O EcoSport atingiu o marco de 1 milhão de unidades produzidas na fábrica de Camaçari, na Bahia. Esse resultado compreende somente a produção brasileira, uma vez que o utilitário esportivo criado no Brasil ganhou escala mundial, sendo fabricado também nas unidades da Índia, Tailândia, China e Rússia para venda em mais de 125 países. O veículo 1.000.000 foi um modelo EcoSport FreeStyle 1.6 Flex, que deixou a linha de montagem no Nordeste brasileiro.


Esse marco foi obtido 12 anos após o lançamento do utilitário esportivo que marcou época como um veículo inovador e acessível a um número maior de consumidores, abrindo caminho para um novo segmento até hoje buscado por outras marcas. Para mostrar o pioneirismo e evolução do EcoSport, a Ford preparou um vídeo com os principais marcos do modelo no Brasil (veja neste link), além de um infográfico.


Além do mercado local, a produção brasileira atende diversos países latino-americanos. Do total de 1 milhão de unidades, cerca de 600.000 foram vendidas no Brasil e as demais na Argentina, Chile, Peru, Colômbia, Equador, Venezuela e México.

“O EcoSport abriu as portas para um novo cenário da indústria brasileira. Trouxe a possibilidade de acesso a um segmento até então restrito a modelos caros. Resultado de uma ampla pesquisa e de um trabalho da engenharia brasileira, o EcoSport foi concebido como sinônimo de criatividade num setor em que até hoje é difícil superá-lo, em que pesem sucessivos lançamentos nesta categoria”, ressalta Oswaldo Ramos, gerente geral de Marketing da Ford.

Em cada momento de sua trajetória, o Ford EcoSport criou uma estratégia de produto diferenciada para atender o público brasileiro. Em 2015, por exemplo, a Ford lançou a versão 1.6 Sigma Flex com transmissão sequencial de seis velocidades. Esse modelo é hoje o mais competitivo de seu segmento.


Aliás, esta sempre foi a característica principal do EcoSport: inovar e ditar tendências. Apresentado como conceito em 2002, tem sido um veículo desejado e com milhões de fãs nas mídias sociais. Seu design criativo, altura elevada do solo, banco em posição de comando e versatilidade ajudaram a criar um novo conceito de esportividade.


Geração global

O passo para o reconhecimento internacional foi dado em 2012 com o modelo sendo escolhido o utilitário esportivo compacto da marca dentro do plano “One Ford”. A sua nova geração virou global com lançamentos simultâneos no Brasil, China, Índia e Tailândia. Rapidamente, o EcoSport passou a ser vendido em vários continentes, chegando a outros países da Ásia, além da África, Oceania e Oriente Médio. Outro marco significativo foi o lançamento na Europa, com o anúncio da produção na Rússia e comercialização na Espanha, Alemanha, Inglaterra, França, entre outros mercados. Na América Latina, tem uma forte presença em vários países.

O modelo sul-americano conta com o mesmo padrão das demais versões mundiais, ou seja, totalmente novo do chassi à carroceria. No Brasil, é oferecido com motores flex de alumínio, câmbio automático sequencial de dupla embreagem, direção elétrica, controle eletrônico de estabilidade, sistema multimídia SYNC e faróis de LED. Em 2013, foi também o primeiro veículo fabricado no Brasil a conquistar a nota máxima de 5 estrelas de segurança do Latin NCAP.

Grandes momentos

Os grandes momentos do EcoSport no Brasil foram:
2002 – Pré-estreia no Salão do Automóvel de São Paulo.
2003 – Lançado em abril, criou um novo patamar de liberdade e versatilidade ao volante.
2004 – Lançamento da versão 4WD com tração total inteligente para uso fora de estrada.
2005 – Primeiro utilitário esportivo com motor flex, na versão 1.6.
2006 – Lançamento da versão FreeStyle com itens de design personalizados e conectividade.
2007 – Introdução do EcoSport Automático e aprimoramentos de design.
2008 – Lançamento do motor Flex 2.0, ampliando a versatilidade.
2009 – Celebração da produção de 500.000 unidades.
2010 – Introdução de novos itens de design e equipamentos.
2011 – Comemoração da venda de 700.000 unidades.
2012 – Lançamento simultâneo da geração global no Brasil, na Índia e na China, totalmente nova na plataforma, design, interior e introduzindo os motores Sigma 1.6 e Duratec 2.0.
2013 – Primeiro carro fabricado no Brasil a receber nota máxima de segurança de 5 estrelas do Latin NCAP.
2014 – Lançamento da versão FreeStyle 2.0 de seis velocidades com dupla embreagem. Início de vendas na Europa.
2015 – Lançamento do EcoSport 2016 com nova versão 1.6 Flex e transmissão sequencial de seis velocidades com dupla embreagem.

Fonte: Press releases Imprensa Ford


Clique aqui e participe do grupo Eu Amo Meu Ford EcoSport no Facebook!




quarta-feira, 18 de novembro de 2015

EcoSport participa de eventos na Romênia e França



A Ford Europa reuniu a imprensa em dois eventos diferentes com o EcoSport no mercado europeu: o lançamento na Romênia e a apresentação do ano-modelo 2016 do utilitário esportivo na França. A chegada à Europa Oriental era aguardada com muita expectativa, enquanto o lançamento francês trouxe novidades do modelo, incluindo uma versão sem estepe convencional, o que é permitido naquele mercado.

O EcoSport já é comercializado em 11 países no continente europeu e a programação é estender as vendas do veículo com a produção na região. Recentemente, a Ford anunciou a montagem do modelo na fábrica da Rússia, diversificando as bases de produção. Ele já está presente em quase uma centena de mercados. Além da América do Sul, o EcoSport tem feito sucesso também na Ásia, especialmente na Tailândia, Índia e China.


Além da fábrica na Rússia, montada em parceria com a JSC Sollers no Tartaristão, o EcoSport é produzido em Chennai, na Índia, para atender os países europeus, África do Sul, Taiwan e Austrália. Ele é fabricado ainda no Brasil, China e Tailândia para outros mercados na América do Sul, América do Norte, Ásia, Oriente Médio, África e Oceania.

Na Romênia, a imprensa destacou o design robusto e a facilidade de dirigir, condições importantes na visão dos consumidores locais. As reportagens com os testes dos jornalistas também elogiaram a cabine prática com ótima visibilidade. Para a nova geração de compradores, recomendaram o nível de segurança e as tecnologias inteligentes disponíveis, como a conectividade, um dos pontos fortes dos comentários.


Na França, a Ford promoveu o test-drive com jornalistas para apresentar as modificações que o EcoSport acaba de introduzir na região, visando a atender melhor as características locais de uso, conhecidas pelas ruas e estradas bem conservadas. Entre elas, estão a redução de 1 centímetro na altura livre do solo e nova calibração da suspensão e da direção, além da opção de um modelo sem o estepe na tampa traseira. Equipado com os motores 1.5 TDCI diesel, 1.5 a gasolina ou 1.0 EcoBoost, o EcoSport europeu conta com as versões Trend, Titanium e Titanium S, esta última com teto preto, saias laterais e rodas de 17 polegadas.


Como ocorreu no Brasil, o EcoSport impulsionou uma nova categoria de veículos, levando a tendência dos SUVs para o segmento de compactos. Uma pesquisa recente feita na Europa mostrou que os SUVs são os carros mais desejados pelos consumidores de 17 a 24 anos. Segundo a IHS Automotive, o segmento respondeu por 20% do mercado europeu em 2014, com mais de 2,5 milhões de unidades, e a expectativa é chegar a 27% em 2020. Para o segmento de SUVs compactos, categoria do EcoSport, a previsão é um crescimento de mais de 70% até o final da década, puxado pela demanda em países como Reino Unido, França e Itália.

Fonte: Press releases Imprensa Ford


Clique aqui e participe do grupo Eu Amo Meu Ford EcoSport no Facebook!




terça-feira, 3 de novembro de 2015

Removendo o encosto de cabeça do Novo EcoSport



A remoção dos encostos de cabeça do novo EcoSport é uma tarefa bastante fácil, no entanto muita gente acha que somente os dos bancos traseiros são removíveis.

Os encostos de cabeça dos bancos dianteiros podem ser erguidos até certa altura e neste ponto máximo muita gente acha que não é possível retirar. Mas existe uma trava se segurança bem escondida que possibilita a remoção total.

Atendendo ao grande número de pedidos nos nossos leitores e também de alguns fóruns, nosso colaborador Carlos Iwanaga, fez um vídeo explicando detalhadamente como se faz a remoção.




Clique aqui e participe do grupo Eu Amo Meu Ford EcoSport no Facebook!




terça-feira, 27 de outubro de 2015

EcoSport tem o menor custo de uso do segmento



O Ford EcoSport é o utilitário esportivo com menor custo de uso do País e se mantém como o melhor negócio do segmento, mesmo após a chegada de rivais que buscam seguir a sua trilha. Esta é a opinião em matéria de capa de uma das principais revistas de circulação nacional, considerando desde o preço de aquisição até a baixa desvalorização, passando por itens como consumo de combustível, custo de manutenção, imposto e seguro.

Na recém-lançada versão 1.6 automática, o EcoSport se tornou a opção mais barata para quem deseja um SUV com câmbio automático - sem contar que sua transmissão sequencial de dupla embreagem e seis marchas é a mais moderna e eficiente da categoria. Segundo a Quatro Rodas, simulando o custo mensal durante o período de um ano e 15 mil km, o EcoSport foi o modelo que menos gastou na categoria com documentação, seguro, manutenção e combustível na relação custo-mês, proporcionando economia no bolso de seu proprietário.

Por fim, o EcoSport foi também o de melhor retorno de dinheiro na hora da revenda. Segundo dados de pesquisa da agência Autoinforme/Molicar, o modelo da Ford é o SUV que menos desvaloriza na categoria - prêmio conquistado pela segunda vez seguida. Ou seja, com o custo mensal mais baixo do segmento e ainda a menor desvalorização entre os rivais (apenas 13,2% após um ano de uso), o EcoSport confirma mais uma vez sua posição de melhor negócio da categoria.

Outro aspecto que reforça a posição do EcoSport como um bom negócio é o preço a partir de R$ 68.690 na configuração automática SE Direct. Vem equipado com motor 1.6 16 válvulas Ti-VCT de duplo comando variável e dispõe de 131 cv de potência quando abastecido com etanol. Aliado à transmissão de dupla embreagem, que praticamente não interrompe a entrega de torque entre as mudanças, o SUV da Ford consegue oferecer melhor desempenho que rivais com motor de litragem superior e, claro, gastando menos combustível.

Fonte: Press releases Imprensa Ford


Clique aqui e participe do grupo Eu Amo Meu Ford EcoSport no Facebook!