domingo, 25 de agosto de 2013

PowerShift: A Evolução da Transmissão Automática



Novo EcoSport PowerShift

New Fiesta PowerShift
  • A Ford introduziu um novo conceito de câmbio automático com o lançamento do Novo EcoSport e do New Fiesta com transmissão sequencial PowerShift.
  • Com seis velocidades e sistema de dupla embreagem, a principal vantagem da transmissão é unir o conforto da transmissão automática com a esportividade das trocas manuais.
  • A tecnologia oferece três modos de condução: D, para trocas de marcha suaves e econômicas; S, esportivo, com um nível de rotação mais alto e preparado para retomadas; e manual sequencial, para o motorista usar a faixa de rotação de sua preferência.
Detalhe do Câmbio PowerShift
Com o lançamento do Novo EcoSport e do New Fiesta com transmissão sequencial PowerShift, a Ford introduziu um novo conceito de câmbio automático, que dá aos dois veículos um padrão exclusivo de desempenho e economia de combustível na categoria. A principal vantagem dessa tecnologia é unir o conforto da transmissão automática com a esportividade das trocas manuais, de forma muito mais rápida e sem perda de torque ou desperdício de energia.

Novo EcoSport PowerShift
"É a transmissão mais avançada que existe e a Ford é a primeira a usá-la em carros de volume. Até então, ela só era vista em carros esportivos de luxo, já que é a única com capacidade de combinar trocas automáticas com alta performance", diz Fábio Okano, gerente de Engenharia Veicular da Ford.

Com seis velocidades e sistema de dupla embreagem, a transmissão PowerShift é um dos diferenciais que têm contribuído para o sucesso do Novo EcoSport e do New Fiesta, com um padrão superior de dirigibilidade, eficiência e conforto. Um vídeo sobre o seu funcionamento pode ser visto neste link.


Outro ponto que diferencia a nova transmissão é a durabilidade. Como não utiliza fluidos nem conversores de torque, ela é isenta de manutenção ou troca de peças de desgaste. Da mesma forma, seu sistema dispensa a substituição dos discos de atrito.

Interior Novo EcoSport PowerShift Titanium

"A PowerShift não exige a troca periódica do fluido nem conta com outros itens de desgaste. Todos os seus sistemas foram projetados para durar o tempo de vida útil da transmissão, o que não acontece com as automatizadas existentes hoje no mercado", acrescenta Okano.


PowerShift x automatizadas

Detalhe das opções do modelo
Por se tratar de uma tecnologia nova, é comum haver confusão do sistema de funcionamento da PowerShift sequencial com as chamadas transmissões automatizadas.

"A transmissão automatizada é uma transmissão manual que recebeu atuadores eletrônicos, com controlador eletrônico para a troca de marchas. A PowerShift é diferente, ela já nasceu automática, só que com um conceito mais sofisticado e eficiente para aprimorar o seu desempenho. Tecnicamente, além de usar dois eixos de saída ela dispensa conversor de torque", explica Okano.

Dupla embreagem

A caixa PowerShift conta com duas embreagens. Uma engata as marchas ímpares (primeira, terceira e quinta) e a outra as pares (segunda, quarta e sexta). Por isso ela é chamada de sequencial. Sempre que se faz uma troca, a marcha seguinte já está engatada – na verdade, o que ocorre é uma alternância de embreagem.

Interior New Fiesta PowerShift Titanium

"É como um DJ operando dois toca-discos. Quando ele quer mudar a música, a outra picape já está no ponto, pronta para entrar em ação", compara o engenheiro.

New Fiesta PowerShift Titanium
O sistema de dupla embreagem permite que não haja interrupção de torque entre as trocas, com um aproveitamento mais eficiente da energia e torque do motor. Por isso, é utilizado também em carros de competição.

Detalhe no botão de troca mamual
Modos de condução

A transmissão PowerShift oferece três modos de condução: D, para trocas de marcha suaves e econômicas; S, esportivo, com um nível de rotação mais alto e preparado para retomadas; e manual sequencial, para o motorista usar a faixa de rotação de sua preferência. O seu funcionamento suave e sem oscilações também contribui para o nível de conforto e silêncio interno encontrado no Novo EcoSport e no New Fiesta.

Novo EcoSport Titanium PowerShift 
Fonte: Press releases Imprensa Ford




48 comentários:

  1. Não gostei desse câmbio, é extremamente barulhento em pisos irregulares. O câmbio DSG da VW é claramente superior.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. KKKKKKKKKKKKKKKK tinha que ser VW mesmo FDP lixo pior cambio que tem o i-motion kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. Posso confirmar o que fala o Jameson, tenho uma Eco Titanium 2.0 2014 comprada em 10/2013 e com 1.500km iniciou o barulho do câmbio que só foi piorando e nos 3.000km minha mulher percebeu e me cobrou uma solução. Antes da revisão procurei e falei com a concessionária que disse que na revisão teria um Eng. da Ford e as peças para trocar. Entreguei para revisão em 17/03 e dia 19/03 me ligaram informando que o barulho seria normal. Como normal quando comprei não tinha e está cada vêz pior. Estou indo ao Procom e a Justiça pedir meus direitos, "vício oculto do veículo". Já que o tempo todo desde a venda negaram a existência do barulho.

      Excluir
  2. Antônio Carlos Monteiro5 de setembro de 2013 22:19

    Aposto que o Jameson que fez o comentário acima não tem um EcoSport PowerShift, porque se tivesse não tinha falado a besteira que falou.

    Eu tenho um EcoSport PowerShift e tenho autoridade para falar do assunto.

    Excelente câmbio com respostas rápidas e conseguiu a proeza de deixar o EcoSport 2.0 automático mais econômico que a versão manual.

    O tal barulho que ele fala é provocado pelas engrenagens que é do tipo caixa seca, pois não são imersas em óleo. Mas é tão insignificante que você só escuta se estiver andando em uma rua de paralelepípedo com os vidros abertos e com a cabeça fora do carro próximo ao assoalho. E ainda vai escutar um barulho muito baixo.

    Estou adorando o câmbio PowerShift. As trocas são imperceptíveis, com respostas rápidas e o melhor: o câmbio não requer manutenção durante toda a sua vida útil que é de 10 anos ou 240 mil km.

    Esse pessoal que fica de recalque porque não tem o dinheiro para comprar o carro é uma comédia.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. obviam,ente o veiculo da figura e aquele FOX que usa aquela marcha automática de mentirinha da volks rsrsrsr

      Excluir
    2. Verdade Antonio Carlos, esses caram enchem o saco o tempo todo nos comentários. Ele deve estar se referindo ao câmbio DSG do Audi A1 que parece a bateria da Mangueira. Diversos donos desse Audi quiseram até devolver o carro de tão ABSURDO que é o ruído que ele faz. O próprio Bob Sharp disse que em termos de suavidade e conforto, o POWERSHIFT da FORD é superior ao DSG da VW.

      Excluir
    3. eu fiz test drive em um fiesta 1.6 com esse cambio. gostei do cambio automatico, acho que por ser carro 1.6 ele da uma impressao de acelerar nas trocas automaticas (e como se voce acelerasse e pisar na embreagem num carro normal), pois fiz um test drive no fusion titanium, ele nao faz isso (tambem 2.5 mais de 250 cv), hb20 faz mesma coisa, agora nao curti a troca de marcha manual nao, ou eu que nao me adaptei, mas o carro é massa. mas tenho interesse no fusion.

      Excluir
    4. Adquiri um SE agora e não tem para ninguém, a Ford arrebentou com essa tecnologia PowerShift... Peço para o Sr. Jameson que largue desse opalão 4.1 S e adquira o conforto e potência da novaecosport...

      Excluir
    5. Antonio carlos, estou plenamente de acordo com vc. As vantagens que a Eco Titanium oferece são tantas, que o barulho da caixa é insignificante. A caixa não é lubrificada, são motores que agem como a embreagem, por isso o barulho que se parece mais com barulho de suspenção. A Ford já disponibiliza uma atualização do sistema que ameniza em 50% este barulho, leve o carro e concessionária e peçam para atualizar. 19/01/2015

      Excluir
    6. Antonio Carlos Monteiro19 de janeiro de 2015 16:14

      Atualizando.... (19/01/2015).
      Infelizmente meu amor com o EcoSport acabou.
      Aos 15.000km começou uma trepidação horrível durante as trocas de marchas Levei na concessionária e fizeram essa tal atualização que resolveu o problema por apenas 4 dias.
      Um mês depois agendei novo reparo e trocaram o cambio por completo. O problema foi resolvido. Para minha surpresa aos 30.000km o problema retornou ainda pior. Agora além da trepidação nas trocas de marchas a embreagem ficava patinando.
      Agendei nova troca e dessa vez foi feita somente da embreagem. Antes que o problema volte e que a garantia do carro acabe, resolvi vender e comprar um Tracker que possui câmbio automático de verdade e não este problemático Powershift automatizado.
      Fico imaginando depois que a garantia de três anos acabar como ficará a situação de quem tem carro com este câmbio.

      Excluir
    7. Prezado Antonio Carlos. Vi sua primeira msg aqui em 2013 que foi bem ofensiva. Como o ditado diz, a justiça vem a cavalo. Comprei o meu NF em 06/2013, com menos de 500 km começou o barulho, de dentro dava para ouvir muito, não precisei colocar o rosto do lado de fora junto ao chão para ouvir. Ano passado reprogramaram a ideia inicial da fabrica era troca do cambio, não fizeram, trocaram embreagem e reprogramaram. Hoje meu carro vibra todo, embreagem patina muito e barulho insurpotavel, cambio não troca as marchas direito ao ponto de desligar o controle de velocidade. Meu carro também é o Titanium. Pior de tudo, qdo a temperatura passa de 30 graus, ao desligar o carro ele não liga, tenho que esperar mais de 20 minutos para que ele volte a funcionar. Durante 1 ano e 1/2 tentei amigavelmente uma solução, como nada fizeram e hoje se tornou um carro extremamente inseguro, estou entrando com uma ação na justiça para devolução do veículo, etc. etc. Nasci dentro da Ford, minha familia sempre teve carros ford, tenho 51 anos e depois de 51 anos pela total falta de respeito ao consumidor fiel que sou, deixarei de ser cliente Ford. Novamente lhe digo, muito cuidado com o que fala e como, o castigo vem a cavalo. Passar bem.

      Excluir
    8. Alice - comprei o EcoSport 2.0 Titanium, antes de completar mil quilômetros ele apresentou defeito - transmissão com defeito - procure serviço. Levei na concessionária e foi feito um serviço, agora o defeito voltou 2 semanas depois, está na concessionária. Não compraria o carro novamente, é certo que ele veio com defeito de fábrica, não tive sequer tempo de aproveitar o veículo, um carro de luxo, top de linha. Não recomendo.

      Excluir
    9. Seu carro não veio com defeito de fábrica.
      O problema é o câmbio PowerShift que não presta. Quem tem carro com este câmbio é só esperar o dia de apresentar problema. Faça uma busca no Google e você vai ficar impressionada com a quantidade de relatos de problemas com este câmbio. O EcoSport é um bom carro, desde que não venha com este câmbio automatizado PowerShift.

      Excluir
  3. Este Jameson deve ter é um Voyage antigo.

    ResponderExcluir
  4. O câmbio imotion(automatizado) da wolks, tem varias reclamações de desgaste prematuro da embreagem e não dão garantia garantia por julgarem mau uso. ja existem sites de reclamação i motion. http://www.reclameaqui.com.br/4837277/volkswagen/fox-i-motion-problema-no-cambio/

    ResponderExcluir
  5. Tenho Golf 1.4 com câmbio DSG e minha namorada tem uma Ecosport com o câmbio powershift. Os dois são prazerosos em dirigir, mas, com todo o respeito, o câmbio do Golf é um tesão.

    ResponderExcluir
  6. Realmente, os dois câmbios são excelentes, porém a questão do barulho em pisos irregulares chega a incomodar sim. No começo você pode deixar pra lá, mas com o tempo vai incomodar bastante, mesmo porque moramos no Brasil, onde o asfalto é péssimo. Vamos ver se vão resolver esse barulho logo, pois é uma pena, são excelentes câmbios.

    ResponderExcluir
  7. Tem brasileiro que é foda anda de carroça e tira onda de engenheiro mecanico.
    Powershift e um cambio muito bom, falo como proprietario, o povo não quer pagar 60000,00 mil em um carro. Quer pagar 15000,00 compre uma 147 e seja feliz.
    O barulho relatado é minimo quase imperceptivel em baixas rotações, mas tem uma galerinha que quer se justificar e andar de manual por não ter dinheiro para pagar um automatico eu andei muito de carro manual mas nunca critiquei o que meu dinheiro nao pode pagar. Acha que nos estados unidos é mais barato vai morar la mas nao enche o saco por estar sem dinheiro pra pagar o preço daqui.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou Engenheiro Mecânico, tenho dinheiro, e tenho uma EcoSporte comprada em 10/2013 com este câmbio Powershift. Faz barulho e cada vez faz mais barulho. Se é mínimo ou não é uma questão de ser mais ou menos surdo. Estes teus argumentos são típicos de brasileiro que prefere pagar os tubos para ter a copa e não enchergar a miséria que anda por aí, ou tu é funcionário da Ford.

      Excluir
  8. Tive Audi A1 e o carro é muito bom e econômico, mas o ruído da caixa seca incomoda muito

    ResponderExcluir
  9. Olha, meu pai tem um jetta com o DSG e eu estou tendo a oportunidade de dirigir um focus powershift aqui nos EUA. O cambio do focus é claramente voltado ao baixo consumo, jogando sempre marchas altas. Achei ele mais suave nas trocas, assim como no arrancar em subidas. Entretanto, ele demora um pouquinho mais que o da VW para reduzir ( subindo um morro, deixa o carro em 1400 giros, o que incomoda um pouco). A solução, porém, é jogar para o manual e reduzir, o que é bem simples. As trocas são mais lentas, mas o cambio em si é bem suave. Um é voltado a esportividade e outro a uma condução mais amena. Eu gostei do powershift, o carro aqui está fazendo 11 por litro na cidade (claro, com gasosa sem alcool)

    ResponderExcluir
  10. Acabei de comprar um New Fiesta sedan power shift. Todo mundo me disse que tava jogando dinheiro fora, mas o carro é muito bonito e aperenta ser bem confortável. O que vcs acham, será que foi bom negócio mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que tolice!

      Aliás, o New Fiesta sedan por ser fabricado no México tem um acabamento superior ao fabricado no Brasil.

      Veja o painel super emborrachado do seu carro e depois veja como o painel da versão hatch fabricada no Brasil é bem inferior.

      Você fez uma ótima compra. Pode ter certeza disso!
      O câmbio PowerShift é um dos mais modernos do mercado.
      O New Fiesta tem itens de segurança e tecnológicos que poucos carros nacionais tem.
      A direção elétrica do New Fiesta deixa ele muito mais econômico em relação aos carros com direção hidráulica.

      Sem falar que o carro é lindo!
      Quem falou isso realmente não sabe o que está falando nem conhece o carro.

      Abraços.

      Excluir
    2. Não é um bom negócio. O meu powershift trepida demais. É algo que dá vergonha!

      Excluir
  11. Comprei uma Eco titanium 2.0 powersifht. Antes de comprar perguntei sobre o tal balulho e o vendedor disse que seria coisa da internet. Fiz a compra em outubro2014. No início não tinha barulho, mas conforme o tempo foi passando o barulho apareceu e continua amumentando, dá para houvir dentro do carro e os transeuntes também. De resto o carro é muito bom, mas vou tentar devolver pois o barulho o transforma numa carrossa que custa R$ 74.0000,00. Se a Forde e as revistas de carro fossem onetas já teriam falado claramente sobre o problema e apresentado uma esplicação e solução técnica para o problema. É claramente uma questão de desgaste de algum componente pois quando Okm o problema não tem, mas com o tempo vai piorando. Se a Forde fosse de confiança teria identificado e resolvido entes de colocar o produto no mercado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pelo seu grau de analfabetismo vc claramente nao tem um ecosport ainda mais a versao top de linha titanium automatica, volte a dirigir o fiorino da sua empresa meu querido

      Excluir
    2. Sim, não sou muito bom em escrever as palavras, não dou bola para h, ç, ss, ch, x e o escambau. Mas pelo que vejo da sua argumentação arrogante tu deve ser um pau mandado da Ford, que vergonha. Estudou tanto, escreve tão correto mas não tem outro argumento se não a agreção.
      Já que tu é tão versado e escreve tudo correto, esplica o barulho e porque a Ford não informa este barulho na hora da venda e não está escrito no manual do proprietário.

      Excluir
    3. Dia 17/03 levei na revenda Ribeiro Jung aqui em PoA onde comprei a carroça Ecosporte Titanium 2.0 com câmbio Powershift, para fazer a primeira revisão, disseram que já tinham as pelas e viria um Eng. da Ford. dia 19/03 disseram para buscar pois foi feita a revisão mas o barulho vai continuar pois é característica do câmbio. Demonstrei minha insatisfação e escreveram no relatório da revisão que o barulho é normal. Dia 25/03 o Sr. Fredi da Ford me liga de são paulo perguntando porque do meu descontentamento e pediu que levasse em outra revenda a Montreal. Levei dia 31/01 às 09:00hs e no início da tarde já queriam que eu fosse buscar. Conclusão, o barulho é característico do câmbio Powershift. Conclusão na hora da venda negam a existência do barulho, no carro do teste drive não tem barulho, no carro novo tirado da revenda não tem barulho, depois dos 1500km surge o barulho que piora até os 4.500km, e passa a ser característico do câmbio Powershift atestado pela Forde como sendo um barulho de projeto. È ou não característico, se é porque não é informado na hora da venda,porque o carro de teste não tem, porque o carro novo não tem, porque alguns carros tem?!?!?!? Que diabo de projeto é este que projetam uma caixa que faz barulho??? Só se a revolução ou inovação é fazer barulho, enganar o comprador e depois alegar que é característica técnica!!!!!!

      Excluir
    4. Não é questão de estudar muito, qualquer criança escreve melhor que você. Nunca li tanto erro junto, que vergonha!

      Excluir
  12. Infelizmente os carros nacionais estão longe de ter um câmbio automático de verdade, todas tentam, mas ainda estão longe de chegar em algo realmente eficiente e isento de barulhos e problemas ainda na garantia. Câmbio automático de verdade é excelente é o da Nissan o CVT, os câmbios da Honda, Toyota, Hunday também estão na linha da mesma qualidade. Montadoras brasileiras, aprendam a fazer câmbio automático com os Japoneses, esses sim conhecem e sabe fazer.

    ResponderExcluir
  13. O cambio cvt eh otimo, mas nao vende muito, pois nao transmite esportividade. Tenho cvt a 10 anos desde o fit e agora sentra e tambem tenho o power shift no fiesta. O cvt eh melhor. O power shift eh bom, mas em algumas situaçoes de cidade ele erra ao não reduzir mesmo com meio acelerador apertado, geralmente em 3 marcha, ai ele range que chega a dar vergonha. Com o tempo vc aprende a antecipar essas situacoes usando a troca manual.
    Na pista o power shift eh muito gostoso e o fiestinha anda a 160 a 4000 rpm... De boa...parece carro maior. Espero ter colaborado visto que tenho as 2 tecnologias na garagem.
    Bem...agora dizer que toyota e hyundai fazer cambios bons..so se for lá fora...porque aqui ja estamos cansados dos 4 marchas que fazem carros 2.0 andarem como 1.6 e beberem com 2.5

    ResponderExcluir
  14. Aluguei um Fiesta Powershitft com 24.000 KM rodados, passei em ruas de paralelepípedo e não escutei nenhum barulho. Como é um carro para aluguel e rodado, imaginei que fosse ouvir o famoso barulho que muitos relatam na internet, porém não escutei nada, em dosi dias de uso e mais de 150km rodados. A minha dúvida agora é se somente alguns são agraciados com esse barulho ou se todos os carros fazem o barulho. O que eu aluguei não fez!

    ResponderExcluir
  15. Em 2005 comprei o recém-lançado FUSION. O cambio era um lixo. Tinha uma opção Low que fazia o carro dar um tranco violento. Todo mundo no carro reclamava. Troquei por um Azera que apresentaram vários problemas. Injeção falhou com 5.000 e quebrou de vez com 10.000. Só usava Podium e alegaram que o problema era a gasolina. Depois o cambiou quebrou com 30.000. O carro ficou mais de dois meses na oficina. Nesse período resolvi comprar o Fusion versão 2010. Muito bom o carro melhoraram o cambio. Meu colega que vi o meu e comprou uma semana depois comprou um idêntico, mesma cor, o AWD 3.0. O cambio dele pifou e VÁRIOS donos de Fusion estavam reclamando e entrando com processo e tudo mais. O meu está hoje está,muito bom, funcionando bem. Vendi esse mês o Azera com mais de 6 anos de uso e troquei por um Passat TSI . O carro é um tesão, econômico e muito superior ao FUSION em estabilidade, mesmo o Passat sendo tração dianteira. O acabamento do FUSION também é muito ruim. A lataria em geral não tem bom acabamento, portas desalinhadas. Eu estou com o FUSION com 28.000 e o PASSAT recém tirado da concessionária. Já dirigi também um AUDI A5 3.2 TDI na Europa por mais de 10.000 km. A superioridade da Volks é gritante. Só não comprei antes porque o preço sempre foi superior à Hyundai e Ford. Consegui uma boa promoção e agora é só SHOW. O carro tem desempenho superior ao Civic SI, mas tem muito mais espaço. O CIVIC SI era meu sonho mas inviável para quem tem família. Hoje consegui realizar meu sonho com o PASSAT. A frenagem do FUSION melhorou um pouco, mas ainda não é boa. O primeiro FUSION eu vendi porque na descida de uma serra de Campos do Jordão, o carro não freiou apesar de pisar fundo no freio e quase bati numa fila de carros. Só não ocorreu o pior porque joguei no acostamento. Seria um acidente na descida com engavetamento de mais de uns dez carros, no mínimo. Vendi no dia seguinte. Em conclusão, eu acho a VOLKS AUDI, com ou sem barulho, muito superiores à Hyundai e Ford. O problema é o preço. Saudações.

    ResponderExcluir
  16. Pois eu afirmo que o cambio Powershift do Ecosport é uma P O R C A R I A pois trepida a embreagem como um fusca velho. Quem tem e ainda está contente, vá se preparando, pois a Ford como disse o sujeito lá em cima diz ser "normal". Normal é nós vendermos esta bomba antes que exploda e comprarmos carros japoneses que tem respeito ao consumidor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse respeito ao consumidor pelas montadoras japonesas é relativo.

      Procure saber o que aconteceu com esses dois episódios no Brasil, e as medidas que tomaram fora daqui, onde o consumidor é mais bem tratado.

      -> Transmissão automática do Honda Cívica 2002

      -> Caso dos tapetes nos Toyota Corolla, RAV 4 e Camry.

      Excluir
    2. auhauha, trepida igual fusca, sacanagem, o meu trepidava tanto que caiu um dente da minha sogra.

      Excluir
  17. Quem quer câmbio automático, mas não quer um carro "super caro" como o Corolla e o Honda Cívic, também não quer um protótipo que faz muito barulho e ninguém sabe dizer se vai "durar" ou não; precisa pensar na hipótese de adquirir um Fluence.....

    ResponderExcluir
  18. O cambio P O W E R S H I F T deveria ser chamado de P O W E R S H E E T. Tenho um New Eco 2013 Titanium 2.0. Na primeira revisão reclamei do barulho e me informaram que era assim mesmo. Depois disso o barulho foi aumentando e a partir dos 10 mil Km o cambio começou a patinar quando retomava a velocidade, sendo que no inicio acontecia com pouca frequência, mas ia piorando a medida que eu andava com o carro. Cada vez que eu reclamava na cs, eles refaziam a programação e o problema parava por uma semana e voltava tudo de novo. Até agora a cs tem me enrolado com reprogramações no cambio, troca de boletins com a FORD, etc. Parece que a FORD quer ir nos enganando até terminar a garantia. O próximo passo é ir ao PROCOM a abrir um processo.

    ResponderExcluir
  19. Li os diversos comentários, e o que chama atenção é que todo mundo é anônimo, afinal qual é o problema desse pessoal, mostra a cara gente.......

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já que você reclamou dos anônimos, porque também postou como anônimo?
      Deveria dar exemplo!

      Excluir
  20. O barulho existe e a cidade em que moro é quase que totalmente calçada com paralelepípedos e o barulho incomoda e dá até para os pedestres ouvirem. Quem quiser carroça que compre o EcoSport. A concessionária Atlanta em Vitória da Conquista-BA e a FORD confirmaram o barulho e disseram que é característico do veículo. Se a própria concessionária e a montadora admitem o problema porquê alguns aqui tentam desacreditar quem está relatando este problema?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. São aqueles que deram sorte. A minha começou a trocar as marchas em hora errada. Foi resolvido fácil.

      Excluir
  21. Eu não recomendo este bambôo
    PowerShift nem para meus inimigos.

    Já tem até Petição Pública de proprietários com problemas.

    http://www.peticaopublica.com.br/viewsignatures.aspx?pi=P2013N44036

    ResponderExcluir
  22. Nunca vi um câmbio tão problemático. Vai virar mico.

    http://www.car.blog.br/2014/11/new-fiesta-automatico-powershift.html

    ResponderExcluir
  23. Estranho... "dupla embreagem" e "sistema dispensa troca de componentes de atrito" me parecem conceitos tão contraditórios.

    Como pode?

    Isso me lembra a historia do "fluido life-time" das transmissões dos carros franceses: todos sabem que não funciona bem assim, ao menos que você não se importe em limitar a vida da sua transmissão aos cento-e-poucos mil km.

    ResponderExcluir
  24. Poxa tenho um C4 Lounge THP 2014 e o câmbio é uma maravilha. Não sei quem fabrica os câmbios da Ford mas câmbio é AISIN (Corolla) ou ZF (Mercedes, Jaguar e outros). Tecnologia acima de qualquer defeito.... Continuo com vontade de trocar meu carro por um Focus Sportback SE Plus mas gostaria que o câmbio fosse outro....

    ResponderExcluir
  25. Sou Engenheiro Mecânico e estou estupefato com os relatos sobre o "câmbio automático" do Ecosport e por conta disso resolvi experimentar um Ecosport 2012 Titanium.
    Não foi preciso rodar muito, apenas alguns kilômetros e ficou nítido o defeito relatado, seja em retomada de marchas ou em modo "balanço" em morro ou em 1a marcha num leve aclive com velocidade baixa por conta de engarrafamento na hora do "Rush".
    Fica evidente que há problema na "união" motor-caixa, feita pelo sistema de embreagem. Nem o fusca que eu usava, sem dinheiro para compra de peças à época de estudante pobre, com conjunto disco/platô/rolamento com 100mil km além da vida útil, fazia tanta trepidação quanto o Ecosport Titanium.
    Porém, pior do que um erro de projeto ou adequação de um projeto é o fabricante ficar omisso e não assumir e, assim, corrigir efetivamente o problema,
    Fico decepcionado com essa situação, haja vista que já fui proprietário de Corcel, Maverick, Escort e Ka.
    Acredito que deverá ser acionada a justiça ante o descaso do fabricante e que recaia sobre esse as custas pelo danos materiais e morais de modo a servir de exemplo a fim de evitar novas ocorrências.

    ResponderExcluir
  26. Sandro Minoru. Tenho uma Eco SE automatica 2.0. Ja trocaram o motor de arranque e o alternador. As pastilhas de freio das rodas dianteiras estavam marcando os discos. Eles me mostraram outra Eco usada, e estava igual. Dai eu troquei as pastilhas. Ficou bom. Não marcou mais os discos. Agora estou esperando as 5 fechaduras do recall. TRISTE, MUITO TRISTE. Devia se chamar ECOBOSTA.

    ResponderExcluir